segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

A BONDADE DE QUEM AMA



Quem é bom, dá para quem vive... 
Quem ama, vive para dar;

Quem é bom, suporta a ofensa... 
Quem ama, esquece-a;

Quem é bom, compadece-se do próximo...
Quem ama, ajuda-o;

Quem é bom, começa e acaba...
Quem ama, começa para nunca mais acabar;

Quem é bom, sorri... 
Quem ama, faz sorrir;

Quem é bom, ajuda quando está perto... 
Quem ama, sempre está perto para ajudar

Quem é bom, não condena...
Quem ama, recebe o condenado;

Quem é bom, não faz mal a ninguém... 
Quem ama, faz o bem a quem lhe faz mal;

Quem é bom, desce até os outros...
Quem ama, faz os outros subirem;

Quem é bom, sobe conosco ao calvário... 
Quem ama, fica por nós na cruz.
autor desconhecido.




...

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

NATAL


Ele veio ao mundo para tornar
 claro o "mistério que esteve 
oculto por todos os séculos e 
em todas as gerações", 
Glória Deus nas alturas, 
pois Deus decidiu se revelar.
Pr. Isaías Marcello

.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

JESUS É PERIPATÉTICO.


“Éramos coordenados pelo chefe de treinamento, o professor Lima, e tínhamos até um lema: “Para poder ensinar, antes é preciso aprender” (copiado, se bem me recordo, de uma literatura do Senai).

Um dia, nos reunimos para discutir a melhor forma de ministrar um curso para cerca de 200 funcionários. Estava claro que o método convencional — botar todo mundo numa sala — não iria funcionar, já que o professor insistia na necessidade da interação, impraticável com um público daquele tamanho. Como sempre acontece nessas reuniões, a imaginação voou longe do objetivo, até que, lá pelas tantas, uma colega propôs usarmos um trecho do Sermão da Montanha como tema do evento.

E o professor, que até ali estava meio quieto, respondeu de primeira. Aliás, pensou alto:
- Jesus era peripatético…
Seguiu-se uma constrangida troca de olhares, mas, antes que o hiato pudesse ser quebrado por alguém com coragem para retrucar a afronta, dona Dirce, a secretária, interrompeu a reunião para dizer que o gerente de RH precisava falar urgentemente com o professor.

E lá se foi ele, deixando a sala à vontade para conspirar.
- Não sei vocês, mas eu achei esse comentário de extremo mau gosto –disse a Laura.
- Eu nem diria de mau gosto, Laura. Eu diria ofensivo mesmo — emendou o Jorge, para acrescentar que estava chocado, no que foi amparado por um silêncio geral.
- Talvez o professor não queira misturar religião com treinamento — ponderou o Sales, que era o mais ponderado de todos. — Mas eu até vejo uma razão para isso…
- Que é isso, Sales? Que razão?
- Bom, para mim, é óbvio que ele é ateu.
- Não diga! Digo. Quer dizer, é um direito dele. Mas daí a desrespeitar a religiosidade alheia…

Cheios de fúria, malhamos o professor durante uns dez minutos e, quando já o estávamos sentenciando à fogueira eterna, ele retornou. Mas nem percebeu a hostilidade. Já entrou falando:
- Então, como ia dizendo, podíamos montar várias salas separadas e colocar umas 20 pessoas em cada uma. É verdade que cada treinador teria de repetir a mesma apresentação várias vezes, mas… Por que vocês estão me olhando desse jeito?

- Bom, falando em nome do grupo, professor, essa coisa aí de peripatético, veja bem…
- Certo! Foi daí que me veio a idéia. Jesus se locomovia para fazer pregações, como os filósofos também faziam, ao orientar seus discípulos. Mas Jesus foi o Mestre dos Mestres, portanto a sugestão de usar o Sermão da Montanha foi muito feliz.
Teríamos uma bela mensagem moral e o deslocamento físico… Mas que cara é essa? Peripatético quer dizer “o que ensina caminhando”.

E nós ali, encolhidos de vergonha. Bastaria um de nós ter tido a humildade de confessar que desconhecia a palavra que o resto concordaria e tudo se resolveria com uma simples ida ao dicionário.Isto é, para poder ensinar, antes era preciso aprender.

Finalmente, aprendemos duas coisas: A primeira é o fato de todos estarem de acordo não transforma o falso em verdadeiro. E a segunda é que a sabedoria tende a provocar discórdias. Mas a ignorância é quase sempre unânime.

Texto de Max Gehringer
Fonte: IBB



...

quinta-feira, 29 de julho de 2010

SALMO 126




Salmos 126

  • Canção de peregrinos. Quando o SENHOR Deus nos trouxe de volta para Jerusalém, parecia que estávamos sonhando.
  • Como rimos e cantamos de alegria! Então as outras nações disseram: “O SENHOR fez grandes coisas por eles!”
  • De fato, o SENHOR fez grandes coisas por nós, e por isso estamos alegres.
  • Ó SENHOR, faze com que prosperemos de novo, assim como a chuva enche de novo o leito seco dos rios.
  • Que aqueles que semeiam chorando façam a colheita com alegria!
  • Aqueles que saíram chorando, levando a semente para semear, voltarão cantando, cheios de alegria, trazendo nos braços os feixes da colheita.

domingo, 11 de julho de 2010

Religião e Discipulado


  • A diferença entre o Religioso e o Discípulo é que todo Religioso "morre" pela religião e o Discípulo "vive" o que lhe foi ensinado.
  • A religião tem sido a razão de muitas guerras , o discipulado tem sido a razão de muita paz!
  • A religião tem matado muitas vidas , o discipulado tem dado vida e vida com abundância!
  • A religião mata em nome dela mesmo, o discipulado gera vida em nome de Jesus!
  • A religião acusa, o discipulado age com misericórdia!
  • A religião interpreta de acordo com a sua vontade , o discipulado interpreta de acordo com a vontade do Mestre!
  • A religião gera incerteza na caminhada, o discipulado gera certeza no caminho!
  • A religião é templocêntrica, o discipulado é Cristocêntrico!
  • A religião vive de cultos e reuniões, o discipulado vive o dia a dia cultuando!
  • A religião apedreja quem diz a verdade, o discipulado aprende com quem diz a verdade!
  • A religião tem muitas razões, o discipulado tem uma razão: Cristo!
  • A religião deixa mortos , o discipulado gera vida!
  • A religião gera covardia, o discipulado gera ousadia em nome de Jesus!
  • A religião diz que você tem que fazer, o discipulado diz que você tem que ser!
  • A religião tem adeptos que sugam, o discipulado tem adeptos que servem!
  • A religião sempre quer matar o Mestre, o discipulado sempre quer seguir o Mestre!
  • A religião distorce a palavra, o discipulado vive a Palavra!

A religião é aquilo que tem feito muito mal a Igreja, precisamos ser discípulos e viver os ensinamentos do Mestre e saber que ser um bom discípulo é fazer aquilo que ele tem nos ordenado:
" Amarás o Senhor teu Deus acima de todas as coisas e o teu Próximo como a ti mesmo".

Autor:Pr.Flávio Macedo.
Fonte:Toutheos

domingo, 30 de maio de 2010

Nossos Animais?

"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim" (João 14:6).


Alguns membros de igreja empacam como uma mula no que diz respeito à obra do Senhor, mas, são astutos como uma raposa quando tratam de seus próprios negócios; apressam-se como uma abelha para espalhar as fofocas mas recentes, mas, mostram-se quietos como um rato na divulgação do Evangelho de Jesus Cristo.

Muitos são cegos como morcegos, não enxergando as necessidades do próximo, mas têm olhos de falcão para ver as falhas do irmão. Alguns rugem como um leão quando as coisas não lhes agradam, mas, são dóceis como um cordeiro quando precisam do pastor da igreja.

Alguns são tão ruidosos como uma maritaca quando solicitam ajuda da igreja, mas, tímidos como um gatinho para conversar com o aflito e lentos como um caracol na visita aos desanimados e enfermos.

O Senhor espera que compreendamos que fomos salvos e separados para ser uma bênção em Suas mãos, para testificar ao incrédulo das Suas maravilhas, para transformar o ambiente de um mundo tenebroso com o propósito de mostrar a todos que estão ao nosso redor, que Jesus Cristo é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Nós somos muito mais do que os bichos de nossa ilustração
somos os filhos amados de Deus, Herdeiros do Céu de Glória.


Recebi texto por email.
...

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Exclusivos


O instinto natural do Ser Humano é a cópia.
Nos primeiros anos de nossas vidas somos a imagem do outro, imitamos nossos pais, avós, irmãos, primos, amigos, ídolos.
Em nossa fase mais adulta queremos ser igual aos professores, ao empresário bem sucedido, ao colega “CDF”, ao artista de televisão.
O ciclo esta completo somos uma imagem repetida de alguém. “Nos tornamos um Frankisten, um pedacinho de cada um”.

O mercado de trabalho esta cheio de replicantes, onde ser um funcionário padrão é a meta da maioria, porém nos dias atuais as empresas anseiam por funcionários exclusivos.

Gente pensante, autônoma, dinâmica, onde o ser esta acima do ter.

Claro que o funcionário padrão tem seu valor nas empresas: Não falta; Não adoece; Não atrasa; faz horas extras; cumpre com suas obrigações com excelência, mas falta um único item: "Ser Exclusivo”.

O sistema acadêmico deveria incentivar os alunos desde o jardim, a serem indivíduos exclusivos sociais. Perceber que somos seres pensantes na fase adulta, o aprendizado torna-se muito mais complicado, onde o estudante já esta robotizado, padronizado e saturado. Aprender nunca foi sinônimo de prazer; estudar é: Repetição e decoreba.
Seria bem mais fácil na primeira infância estimular a individualidade pensante de cada criança, formando doutores competentes em suas escolhas e eternos apaixonados por sua profissão.

Únicos no mercado de trabalho cada um com suas particularidades gerando grandes realizações para a coletividade.

Quando Deus diz que somos únicos:

  • “Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei.” (Isaías 49:16a).
  • "Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta.”(Jeremias 1:5)


...

quarta-feira, 17 de março de 2010

O Paradoxo Do Nosso Tempo



George CarlinNós bebemos demais,
fumamos demais,
gastamos sem critérios,
dirigimos rápido demais,
ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados,
lemos muito pouco, assistimos TV demais e rezamos raramente.

Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.
Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente.
Aprendemos a sobreviver, mas não a viver;
adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho.
Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.
Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.
Limpamos o ar, mas poluímos a alma;
dominamos o átomo, mas não nosso preconceito;
escrevemos mais, mas aprendemos menos;
planejamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.

Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzimos mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos menos.
Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta;
do homem grande de caráter pequeno;
lucros acentuados e relações vazias.

Essa é a era de dois empregos,
vários divórcios,
casas chiques e lares despedaçados.
Essa é a era das viagens rápidas,
fraldas e moral descartáveis,
das rapidinhas,
dos cérebros ocos e das pílulas "mágicas".

Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na despensa.
Uma era que leva essa carta a você,
e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão por aqui para sempre.
Lembre-se dar um abraço carinhoso num amigo, pois não lhe custa um centavo sequer.
Lembre-se de dizer "eu te amo" à sua companheira(o) e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, ame... Ame muito.

Um beijo e um abraço curam a dor, quando vêm de lá de dentro.
O segredo da vida não é ter tudo que você quer, mas AMAR tudo que você tem!


Por isso, valorize o que você tem e as pessoas que estão ao seu lado.

Fonte George Carlin

Posto esse texto de George Carlin, um homem com um intelecto extremamente desenvolvido, com habilidades naturais cativou fãs por todo o mundo como comediante sarcástico ,(usou o humor para apontar a hipocrisia da atual sociedade), escritor, pensador, Politicamente de esquerda, humanista liberal, Ateu convicto não desenvolveu o homem espiritual. Apurada audição pra as Vozes do Mundo, será imortalizado pelo seu legado.

Recebi por e-mail esse texto ,fiz a minha interpretação conforme a palavra de Deus, porém pesquisando a vida do autor em sua trajetória respeitei sua visão do ateísmo e a interpretação foi outra.
“Ele fez uma oração a Deus por sua vida, um homem tão apaixonado por gente como ele era, não era um descrente.”

“Nós começamos a ver a nossa máscara nos outros e começamos a tentar mudar ou adorar qualquer ação ou inação. Nós convencemos os outros da nossa visão e fazemos com que a nossa doença seja o deus público, e o outro que não o é, o mau, o preconceituoso, o que nos desaponta. A nossa capacidade de conversar, de inter-relacionar, é prejudicada e formamos o nosso próprio mundo tentado esconder a nossa desilusão, o que nos leva abaixo o caminho de dissolução, de separação dos mundos de onde ganhamos a substância de que vivemos. E ficamos ocos e vazios.”
Fonte: Máscaras

(HB 11:1) –" ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem."
...

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

HOLODOMOR




  • Causas do Holodomor (A Grande Fome).

Na história do tumultuoso século XX o Holodomor de 1932-33 na Ucrânia ocupa um lugar de destaque.

O extermínio físico em massa de camponeses ucranianos pela fome artificial representou um consciente ato terrorista do sistema político estalinista contra:
  • gente de paz ucraniana,
  • enquanto nação e,
  • contra os camponeses enquanto classe.
Isto não resultou apenas no desaparecimento da numerosa camada de camponeses-proprietários, prósperos e independentes do Estado, mas também das gerações inteiras da população rural.
Foram minadas as bases sociais da nação, as suas tradições, a sua cultura espiritual e a identidade.
O objectivo primordial da organização da fome artificial consistiu em abalar a base social da oposição dos ucranianos ao poder comunista e em manter o controle total por parte do Estado sobre todos os grupos sociais da população.

Os investigadores referem-se ao período compreendido entre Abril de 1932 e Novembro de 1933. No decurso daqueles 17 meses, isto é, durante cerca de 500 dias, morreram milhões de pessoas na Ucrânia.
O pico do Holodomor foi na Primavera de 1933,
na Ucrânia morriam de fome:
  • 17 pessoas por minuto,
  • 1000 por hora,
  • =ou- 25000 por dia.
Não foi um fenómeno natural ou social, mas sim, o resultado do terror pela fome desencadeado deliberadamente pelo poder totalitário, isto é, um genocídio.


Consequências do Holodomor.
As regiões mais afectadas pela fome foram as antigas regiões de Kharkiv e Kyiv (as actuais regiões de Poltava, Sumy, Kharkiv, Cherkasy, Kyiv, Zhytomyr),Contando com as vítimas indirectas (mortes por inanição física completa, tifo, intoxicações gastrointestinais, canibalismo, repressões, suicídios motivados pelas perturbações psíquicas e todo o colapso social).
As estatísticas mais exatas não conseguem transmitir a profundidade e o alcance das consequências sócio-económicas, políticas, morais e psicológicas do Holodomor, da tremenda arbitrariedade das estruturas do poder e dos muitos casos do fenómeno vergonhoso para o homem, o canibalismo.
fontes:
História do Mundo
Wikipedia


Onde entra Deus nisso?

Em lugar nenhum é claro, mas a maioria das pessoas sempre quer arrumar um culpado pra tudo.
Por que Deus permitiu ... Deve ser castigo... ou bla bla bla...
Apague isso de seu coração.
Um Deus cruel e vingativo foi fabricado dos sentimentos humanos para dominar o outro, sob medo e terror.
Jesus veio para mostrar que Deus é:
  • Amor,
  • Perdão e,
  • Misericórdia.
E que Deus e o próprio Jesus não se ofendem, nem se vingam.
Jesus perdoou os que o crucificaram"Então, Pilatos julgou que devia fazer o que eles pediam."Lucas 23:24 e pediu a Deus isso também: "Pai, perdoa-os, pois eles não sabem o que fazem."Lucas 23.34

Holodomor foi uma tragédia puramente humana, originada da maldade que há em nós, das más escolhas dos caminhos, da febre de conquista,poder,ganância e a indiferença e outros genocídios aconteceram, mostrando que o homem não consegue viver em paz com seus semelhantes. "Melhor {é} a sabedoria do que as armas de guerra, mas um {só} pecador destrói muitos bens."Ecl 9:18



Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas sim, os doentes.
Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero e não sacrifício. Porque eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.(Mateus9:12,13)

...

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

CARNAVAL




A cidade e o país estão a viver os dias de Carnaval em que centenas de milhares de pessoas entregam-se às alegrias de uma festa marcadamente pagã.
O carnaval faz lembrar a narrativa bíblica que descreve a folia do povo de Israel diante do bezerro de ouro: "o povo assentou-se a comer e a beber; depois levantaram-se a folgar". (Êxodo 32.6).

Pensando no carnaval de nossos dias, há de notar-se que não se trata de uma festa nova.Entre antigos egípcios, gregos e romanos havia festas semelhantes a ele em honra a divindades de cada cultura.
  • No Egito, em honra ao deus Ápis;
  • As bacanais na Grécia e na Roma antigas, em honra a Baco,
  • As saturnais, em homenagem a Saturno ou Dionísio
  • E as lupercais, em honra ao deus Pã.
Essas festas populares assemelha-se ao carnaval dos dias atuais, em que todos se igualavam não nas virtudes mas nos vícios, não na nobreza de sentimentos, mas na baixeza de costumes.
Hoje as autoridades, em vários lugares, fazem distribuição de "camisinhas", com intenção alegada de evitar graves doenças e gravidez indesejada, mas isso em verdade acaba estimulando a promiscuidade e a prostituição.

A Igreja Católica pretendeu mudar as feições do carnaval, fazendo-o ocorrer antes da Quaresma, por isso que ele recebe o nome de "carnevale", "abstenção da carne", proibição de carne.
Todavia, o carnaval continuou a ser, conforme a tradição das bacanais e saturnais d'antanho, a festa da carne, da licensiosidade, da máscara, da mentira.

Carnaval – festa aparentemente limpa e própria à expressão de alegria e fantasia de nossa gente.
Tudo em nome da alegria?
Esta em realidade não existe, pois a verdadeira alegria vem de dentro, do conhecimento da palavra e amor de Deus.
O pecado não esta no Carnaval e sim nas pessoas.


Seja feliz o seu coração nos dias da sua juventude! Siga por onde seu coração mandar, até onde sua vista alcançar; mas saiba que por todas essas coisas Deus o trará a julgamento."(Eclesiastes 11.9).

...